SP Contest premia na passarela

Na semana em que a moda streetwear foi alçada ao topo da SP Fashion Week, a Next Collection reproduziu na passarela as tendências que estarão nas praias e representarão a diversidade das ruas no verão 2016/2017. Realizado pela rede de lojas Surf Trip e Super Tubes, o evento uniu treinamento de vendas, mega desfile e show de hip hop para um público de 1.500 pessoas no Club 33, em São Paulo. A noite começou com a premiação do Surf Trip SP Contest, campeonato exclusivo para surfistas da capital e Grande SP, e um coquetel para convidados. Logo em seguida, a casa foi aberta ao público que pode conferir o desfile das “Party Girls” e depois o show do grupo de hip hop Haikaiss, considerado um dos mais influentes da atualidade. Participaram do desfile marcas multinacionais.

Para a rede de lojas patrocinadoras do evento, nada mais natural do que unir os dois estilos, interligados desde meados dos anos 70, fortalecidos pela cultura californiana do surf e o jeito informal de se vestir. Vale destacar que, após passar por muitas releituras, tendo seu auge nos anos 90, graças à influência do movimento grunge, hoje o streetwear está tão forte que ganhou até categoria própria no (ex-British) Fashion Awards de 2016, sob o título de “international urban luxury brand”, em inglês (algo como “marca urbana de luxo internacional), no evento que celebra a moda sob todas suas vertentes. A fim de garantir mais know-how aos vendedores, o treinamento complementou todo trabalho da rede de lojas. “Depois de quatro edições o formato está bem mais completo em todos os sentidos, as marcas evoluíram na apresentação para os vendedores, os clientes têm um interesse cada vez maior, os funcionários avaliam melhor suas necessidades nas lojas e as atrações musicais complementam o show, cada vez com nível mais alto”, analisa Marcio Bernardinello, um dos proprietários da rede de lojas.





Para ele, o retorno foi positivo em todos os sentidos. “Levamos 300 funcionários, mais de 1.200 clientes e complementamos com o público e formadores de opinião, chegando a cerca de 1.500 pessoas na casa. Conseguimos identificar marcas e produtos que estão precisando em determinadas lojas para o final do ano através dos questionários respondidos. Além disso, os funcionários conseguiram tirar dúvidas de produtos nos estandes das marcas, ficando mais preparados para o atendimento de final de ano nas lojas. Estamos prontos para o Natal!”, analisa Bernardinello.

Por Nancy Geringer

Compartilhe.