O sul-africano é o grande vencedor do Itacoatiara Pro 2018. Atual campeão mundial, Iain Campbell dominou o último dia de competições cravando o único dez unânime de todo evento e na final superou seu compatriota Tristan Roberts para comemorar o título no Brasil pela primeira vez. Com a vitória, Iain assume também a liderança do APB World Tour após as etapas de Arica e Itacoatiara.

“É uma sensação incrível vencer no Brasil. Sempre que veio para cá eu tenho um apoio enorme dos brasileiros e a perna sul-americana foi muito boa para mim. Eu tenho feito um bom trabalho na África do Sul, com um suporte enorme dos profissionais que me acompanham e isso tem dado certo. Agora é hora de voltar para casa e descansar antes da etapa da Austrália”, disse Iain Campbell logo após conquistar o título.

Com apenas 27 anos, Iain tem mostrado um desempenho incrível nos últimos anos. Dos onze últimos eventos que participou, Iain fez pódio em nove deles. Em Itacoatiara, o sul-africano arrancou o único dez da competição na semifinal diante do francês Pierre Louis Costes. “Foi uma onda incrível. Quando eu sai do tubo e vi a rampa sabia que podia tentar mais alguma coisa e saiu o invertido aéreo”, explica.

Essa foi a primeira vez na história do APB World Tour que dois sul-africanos fizeram a final. Campeão das etapas de Port Alfred (África do Sul) e Antofagasta (Chile), Tristan chegou a sua terceira disputa de título e se mostrou contente com o resultado. “Claro que eu queria ter sido campeão, mas fico feliz em ter feito final com meu amigo. A gente mora perto um do outro e sempre que dá surfamos juntos. Meu ano tem sido bem consistente e espero manter o alto nível nas próximas etapas”, disse Tristan.

Semifinalistas da competição, Jared Houston (AFS) e Pierre Louis Costes (FRA) fizeram ótimas campanhas ao longo dos dias em Itacoatiara. Jared confirmou a boa fase com mais um terceiro lugar, repetindo a classificação de Arica, e Pierre também somou mais um importante resultado no ranking após vir de um vice-campeonato na etapa chilena do Tour Mundial.

Eder Luciano foi o melhor brasileiro na competição fechando a disputa no quinto lugar. O catarinense foi eliminando no último duelo das quartas para o campeão do evento, Iain Campbell. Com o término da etapa do Circuito Mundial, as atenções serão todas para o Itacoatiara Pro Serie Brasil, válida como segunda etapa do Circuito Brasileiro de Bodyboarding. A competição começa na quinta-feira (28) reunindo aproximadamente 160 atletas de 13 estados.

Por Danilo Caboclo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.