Piloto de BMX, representante do Brasil em Londres-2012 e Rio-2016, Renato Rezende (GT Bicycles/Nissan/Shimano) voltou a competir na Copa América de Downhill 4X, outra vez com um ótimo resultado. Após a terceira colocação em 2018, neste ano Rezende concluiu sua participação com o vice-campeonato, atrás apenas de Gabriel Giovaninni, atual bicampeão. O pódio teve ainda Kaique Milani e Enrique Genova (CHI), finalistas da competição. Também integrante do Shimano Sports Team, Lucas Borba (Manoel Marchetti/Shimano), encerrou sua participação na semifinais, entre os oito melhores colocados no geral.

Lukinha (20) no gate de largada/ Foto: Leo Shibuya/MBraga Comunicação

Para garantir vaga nas semifinais, Renato Rezende foi o vencedor da quarta bateria das quartas de final, com o tempo de 48seg809, classificando-se ao lado de Wallace Miranda, segundo colocado. Nas semifinais, Rezende repetiu o bom desempenho, outra vez na primeira colocação, em 48seg288, e garantiu vaga à final ao lado de Kaique Milani. Na decisão, o ciclista Shimano concluiu sua descida em 47seg780, um segundo atrás do campeão.

“Feliz com o resultado, com a sensação que cheguei muito perto do título, em minha segunda final consecutiva. O Giovannini andou muito e está de parabéns. Larguei bem, mas ele largou melhor e pedalou forte. A pista estava desafiadora e senti a bike escorregando o tempo todo. Agradeço a todos que estavam comigo aqui, como o Suporte Neutro da Shimano, que fez um trabalho perfeito”, disse Renato Rezende, carioca radicado em Poços de Caldas (MG).

Por Gustavo Coelho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.