Medina perde na estreia e disputa repescagem

Medina no Pipe Master 2015 / Foto WSLMedina no Pipe Master 2015 / Foto WSL

O título ainda pode ser conquistado, mas Gabriel Medina terá que passar pela repescagem após ser eliminado na estreia do Pipe Master, nesta segunda-feira, nos tubos de Pipeline, no Havaí. Outro brasileiro, Miguel Pupo, deu um show e venceu a bateria.





Pupo com uma média de 9,93 pontos, arrancou a nota 10 num tubaço tenso dos juizes. Ele necessitava deste incentivo logo no início. O paulista depende um bom resultado para permanecer na elite mundial. Já o havaiano Benji Brand ficou em segundo e Medina com a última posição.

Com este cenário Medina e Benji caem para a triagem. Ao contrário de Medina, John John Florence passou em primeiro na sua bateria contra Dusty Payne e Wiggoly Dantas. Os outros candidatos ao título, como o australiano Julian Wilson, cometeu uma interferência e caiu para a repescagem. O sul-africano Jordy Smith, venceu sua bateria com uma nota 16.57 pontos.

O Pipe Master continua suas competições nesta segunda-feira.

A matemática do título:

– Se John John for primeiro ou segundo, garante o título mundial;

– Se John John for terceiro ou quinto, Medina precisa vencer a etapa para conquistar o título;

– Se John John for nono, Medina precisa do segundo lugar e Jordy da vitória;

– Se John John for 13o ou 25o, Medina precisa do quinto lugar, Jordy do segundo e Julian Wilson da vitória

Redação InnerSport

Compartilhe.