A torcida corintiana, que lotou uma das quatro arquibancadas da Arena Verão, na praia da Enseada, em Guarujá, comemorou neste domingo (20) o título de bicampeão do Campeonato Paulista de Beach Soccer, sendo o vencedor em 2017 e 2019. Sempre à frente no placar, o Corinthians dominou o Osasco Audax e, após o 5×5 no tempo normal, o time alvinegro garantiu o título na prorrogação com um gol do artilheiro da competição, Jonatan, que fez 12 gols em quatro jogos.

Vibração pelo título/ Foto: Luiz Doro / Adorofoto

Logo no início da primeira etapa, o Timão saiu na frente com gols do capitão Airton e do camisa 9, Jonatan. Bruno, artilheiro do Osasco Audax na competição com dez tentos, diminuiu a diferença. No segundo tempo, outros dois gols do Corinthians, com Igor, e um de Leonardo para o Osasco, diminuindo para 4×2.

Na terceira etapa, o Osasco Audax teve fôlego e empatou com dois gols de Rubens. Jonatan, a dois minutos do final, colocou o Corinthians à frente, 5×4, mas Henrique empatou e deu números finais ao tempo normal. Já na prorrogação, com duração de apenas três minutos, Jonatan garantiu o título corintiano com um chute de fora da área, que o goleiro Paulão, responsável por colocar o time osasquense na final, não conseguiu evitar.

“Esse título mostra a grandeza do Corinthians. Representamos uma equipe imensa e é um grande prazer estar trabalhando com esse time. Pude ser o protagonista, não só fazendo gols, mas também lutando e agregando dentro da quadra. Eu nasci para o esporte, a garra que mostrei dentro de campo representa o que sou como pessoa. Me arrepia muito ser campeão na presença do meu filho e da minha esposa”, comemorou o artilheiro Jonatan.

Após cometer uma falha na semifinal e ser substituído nos instantes finais do jogo contra a Portuguesa, o goleiro Augusto deu a volta por cima e vibrou com o título, diante de seus pais, irmão e namorada. “Não tenho palavras para explicar o que sinto nesse momento. É bom demais ser campeão, mas com essa camisa tão pesada então, nem se fala. As pessoas próximas que vieram me assistir são uma motivação a mais para fazermos o nosso melhor. Eles são importantes demais para mim e me dão muita força”, destacou Augusto.

Treinador do Corinthians, Otávio Batista destacou o bom trabalho que o clube faz no beach soccer e parabenizou a organização da Arena Verão. “Só tenho a agradecer por tantas coisas boas. Cheguei ao Corinthians depois de boa parte desses meninos que estão aqui representando o clube, em um trabalho de mais de uma década. Me emociono em ver um momento como esse e agradeço também a toda organização por ter nos proporcionado um torneio de tão alto nível como este Paulista de Beach Soccer, aqui no Guarujá. Estão todos de parabéns”, comentou Otávio.

Disputa de terceiro lugar – O AD Guarujá, tido como um dos favoritos para chegar à final do Paulista de Beach Soccer, garantiu neste domingo um lugar no pódio, após vencer a Portuguesa por 6×4. A vantagem foi construída logo na primeira etapa, com 3×0 no placar para os guarujaenses. No segundo tempo, quando a Lusa diminuiu para 3×1, logo em seguida o time da casa aumentou para 4×1. A partida seguiu equilibrada, até terminar em 6×4.

Jogo especial – Antes dos dois jogos válidos pela fase final do Paulista de Beach Soccer, uma turma mais do que especial entrou em quadra em partida amistosa. Jogadores de Santos e Corinthians, todos portadores da Síndrome de Down, se enfrentaram em um clima pra lá de amistoso. Apesar de o Corinthians sair na frente, com 2×0, o Santos se recuperou e fechou o duelo em 7×4.

Por Gustavo Coelho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.