O ano de 2019 começa otimista para o bodyboarding no Espírito Santo. Após a Confederação Brasileira anunciar um novo calendário incluindo duas etapas no estado (setembro e outubro), a Federação de Bodyboarding do Estado do Espírito Santo (Febbees) apresentou um circuito fortalecido para a temporada com cinco eventos para categorias profissionais e oito para amadores. E o palco de abertura para o início das competições já tem data e local: entre os dias 23 e 24 de fevereiro, a Praia de Itaparica, em Vila Velha, recebe os principais competidores capixabas para o primeiro evento do ano.

O Circuito Capixaba de Bodyboarding é reconhecido nacionalmente por seu alto nível de competitividade. Não à toa o Estado tem três dos atuais seis campeões brasileiros, Maira Viana (Profissional Feminino), Caio Reis (Sub-18) e Luna Hardmann (Open Feminino), além de outros ícones do esporte como Lucas Nogueira e Neymara Carvalho, atuais campeões estaduais.

“Nossa expectativa é de uma grande festa nas areias da Praia de Itaparica, com muitas ações ocorrendo simultaneamente, envolvendo cidadania e inclusão social. E na água muita radicalidade com as feras da nata do Bodyboarding Capixaba e Nacional”, avalia Elwes Vieira um dos organizadores da etapa.

Com a chegada da etapa a expectativa é de que o circuito comece com um grande número de participantes. As inscrições para a primeira etapa do estadual já estão abertas e podem ser feitas aqui, para as seguintes categorias: Profissional Masculino e Feminino, Master, Open Masculino e Feminino, Sub-18, Sub-16 e Sub-14.

“Trazer a abertura do Circuito para o fim do verão foi um esforço de nossa organização para proporcionar aos atletas uma oportunidade de entrarem na água com todo gás na estação mais quente do ano. Não à toa esperamos mais de 150 atletas, inclusive com competidores de outros estados. Outro ponto alto do evento é a premiação de quatro mil reais em dinheiro para as categorias profissionais, além da passagem para o Chile oferecida aos campeões profissionais do circuito no final do ano”, encerra Elwes Vieira.

Por Danilo Caboclo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.