O irmão mais jovem do ex-integrante do CT, Wiggolly Dantas, se destacou com seu ataque agressivo de backside nas direitas desafiadoras de Sunset Beach. Weslley chegou até a derrotar as estrelas Italo Ferreira e Jordy Smith, com suas manobras verticais nos pontos críticos das ondas.

Weslley Dantas (SP) (@WSL / Keoki Saguibo)
Weslley Dantas (SP) (@WSL / Keoki Saguibo)

Ele tinha chance de classificação para o CT, mas teria que ser vice-campeão ou vencer a World Cup para tirar Jack Freestone do G-10. No entanto, não conseguiu repetir as boas atuações na semifinal e Weslley Dantas ficou em 21.o no ranking final do QS 2018, abaixo dos catarinenses Mateus Herdy em 18.o, Alejo Muniz em 19.o e do paulista Miguel Pupo em vigésimo.

Mateus chegou em Sunset Beach fechando o G-10, após o surpreendente vice-campeonato no QS 10000 Hawaiian Pro de Haleiwa. Mas, perdeu logo na estreia na Vans World Cup e já está na Ilha Taiwan, tentando o título mundial Pro Junior da World Surf League. Jessé Mendes foi quem lhe tirou o 12.o lugar no ranking do QS em Sunset. Mais dois saíram da lista na última etapa do ano, com os australianos Soli Bailey e Jack Freestone tirando o seu compatriota Ethan Ewing e o francês Jorgann Couzinet do CT 2019 no último dia.

Por João Carvalho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.