Marcio TorresSabemos que toda modalidade desportiva depende de uma preparação especifica, seja ela física, psíquica ou técnica para que meios afins sejam atingidos e uma parte dessa preparação, é melhorar condições fisiológicas e motoras da modalidade em questão. Atualmente a evolução do surf trouxe-nos a necessidade de atitudes mais radicais dentro da água, com melhorias de desempenho e agressividade nas manobras. No entanto, não basta apenas o talento de muitos que é naturalmente nato, precisamos dar nossa contribuição para que nosso surf melhore cada vez mais.

Aspectos fisiológicos do treinamento podem ser melhorados fora da água como:

Força: por meio do método de circuit training, podemos ter um ganho significativo no trabalho de aumento da capacidade muscular, aumento da resistência e fortalecimento dos músculos trabalhados no surf. Melhorando assim a resposta do corpo a cada manobra realizada, a habilidade do surfista é muito importante para realização das manobras, porém, o controle do corpo e a força para absorver a energia da onda são fundamentais para conclusão das manobras.

Resistência: o sistema cardiorrespiratório tem função determinante na melhora da capacidade de remada, técnicas respiratórias, relaxamento e aproveitamento de oxigênio no surf. Todo o corpo precisa do melhor aproveitamento possível do oxigênio para uma resposta rápida e eficaz na prática do surf, uma vez que temos a combinação dos dois sistemas energéticos dentro da água, o aeróbio e anaeróbio trabalhando alternadamente.

Flexibilidade: Aumentando a amplitude de movimentos melhoramos nossa agilidade e destreza, isso aliados a uma maior mobilidade dentro da água, alem de diminuir a incidência de lesões, contribuímos para um surf mais “limpo” com movimentos mais precisos. Não podemos apenas melhorar nossos equipamentos e recursos, sem um treinamento especifico. Realizar um treinamento específico a surfista que melhora não somente a performances dentro da água, como também a preparação física fora da água, técnicas de remada, natação, condicionamento cardiorrespiratório e resistência.

Hoje em dia a preparação física, aliada a prática do surf é uma realidade. Não vemos mais um esporte sendo praticado sem o trabalho de um preparador físico ou de uma preparação para a prática segura do mesmo, o esporte caminha de forma evolutiva na sua totalidade e o surfe não foge á regra. É importante que cada vez mais os novos surfistas e profissionais do surfe se conscientizem de que há necessidade de se estar preparado quando chegar a hora “de ir lá para fora e botar para baixo na maior da série” Portanto vemos na preparação física especifica ao surf, uma grande importância para que o surf seja cada vez mais bem executado prevenindo lesões e aumentando o desempenho e aproveitamento nas manobras, tornando-se cada vez mais um esporte saudável e belo.

O projeto Preparasurf foi criado para atender todas as classes e faixas etárias praticantes de surf que não tem acesso constante à praia e consequentemente as ondas todos os dias, proporcionando assim condições de manter os surfistas sempre preparados fisicamente para os dias de surf.

Marcio Torres é surfista, formado em educação física e idealizador do Projeto Preparasurf e agora integra ao InnerSport como colunista sobre preparação física e saúde -Para saber mais entre em contato no email 

O Preparasurf foi criado para atender todas as classes e faixas etárias praticantes de surf que não tem acesso constante a praia e consequentemente as ondas todos os dias, proporcionando assim condições de manter os surfistas sempre preparados fisicamente para os dias de surf.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.