O Brasil voltou a vencer no Oi Rio Pro, em Saquarema, com Gabriel Medina vingando a derrota sofrida para o australiano Mikey Wright na mesma terceira fase da etapa da Gold Coast, na Austrália. O campeão mundial arriscou as manobras, tentou os aéreos e fez de tudo para vencer por 13,10 a 12,64 pontos e seguir buscando a sua primeira vitória na etapa brasileira do World Surf League Championship Tour.

Gabriel Medina (SP) (@WSL / Daniel Smorigo)

“É muito bom surfar em casa, com a torcida dando todo esse suporte, minha família, meus amigos e estou feliz por ter passado essa bateria”, disse Gabriel Medina. “Eu sabia que ia ser uma bateria difícil e estou feliz com a vitória. Eu tive uma bateria com o Mikey (Wright) na Gold Coast, agora aqui de novo e estou feliz de ter ganho essa, porque é sempre bom ganhar baterias. Provavelmente a gente vai ver ele no circuito ano que vem, então é bom já ir se acostumando e sabendo mais sobre seus oponentes”.

Medina vai enfrentar dois havaianos na terceira classificatória para as quartas de final, Sebastian Zietz e Ezekiel Lau. Depois dele, só mais um brasileiro venceu, Yago Dora batendo o lycra amarela Italo Ferreira. Os outros dois foram eliminados por surfistas do Havaí. O catarinense Tomas Hermes perdeu para Sebastian Zietz e o bicampeão mundial John John Florence fez um novo recorde de pontos para o Oi Rio Pro, 17,97 pontos de 20 possíveis com a nota 9,80 da sua melhor onda surfada contra o paulista Miguel Pupo na bateria que fechou a terça-feira na Barrinha.

Por João Carvalho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.