O catarinense Lucas Borba, campeão do ranking brasileiro de downhill em 2018, após ter vencido oito de 12 provas em que competiu na temporada, tem mais um importante desafio neste fim de semana. Lukinha, como é conhecido, está em Nevados de Chillán, no Chile, onde será realizada neste final de semana (8 e 9) a terceira e última etapa do Open Shimano Latam, principal competição latino-americana de mountain bike downhill.

Lucas Borba/ Foto: Fernando Siqueira/FS Fotografia

Após as duas provas anteriores, a primeira em Cerro Catedral, em Bariloche, na Argentina, e a segunda em Cuenca, no Equador, Lukinha é o líder do ranking de 2018, com um quarto lugar na abertura e uma segunda colocação na etapa equatoriana. Assim, buscando o título inédito de campeão da temporada, o catarinense de Ibirama chegou ao Chile com pouco mais de uma semana de antecedência para a disputa da decisão.

“Embarquei para o Chile na sexta-feira (30). Será uma disputa bem emocionante, em um lugar incrível para a prática do downhill. Estive lá em 2013, ainda na categoria júnior, e tive a felicidade de competir no Bike Park de Nevados de Chillán. A pista será completamente inédita e reformulada, ou seja, nada será igual aos anos anteriores em que o Open Shimano Latam foi realizado lá”, avalia Lukinha, ciclista que tem sua bike equipada com os componentes DXR da Shimano para a prática do downhill. “Vou dar meu melhor, porque quero conquistar demais esse título”, completa Lukinha.

A programação oficial do evento tem início na sexta-feira (7). Enquanto o período da manhã será reservado para o reconhecimento a pé, à tarde é a vez dos primeiros treinamentos. No sábado, mais um dia de treinamentos livres. E, no domingo, será a vez da classificatória, das 12h30 às 15h (horários de Brasília), e em seguida as descidas finais, a partir das 15h30 (horário de Brasília).

“Andei no Bike Park de Nevados de Chillán no fim de semana passado, porém, nos últimos dias o local esteve fechado. Só reabrirá nesta sexta. A pista da corrida também estava fechada, ou seja, tudo o que sei sobre o percurso foi o que a organização divulgou, com imagens do traçado. Aparentemente o circuito terá locais planos, com trechos de pedal, além de partes íngremes no meio da mata. O terreno é predominantemente arenoso e, ao que tudo indica, o preparo físico será bastante exigido”, comenta Lukinha.

Por ZDL Sports

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.