A Arena Verão será palco nesta semana da Etapa São Paulo ITF de Beach Tennis – $15.000, o maior torneio da modalidade realizado no Brasil. Entre quinta-feira e domingo (24 a 27), os melhores beach tenistas de praia do mundo estarão em ação no evento marcado para a praia da Enseada, em Guarujá, com entrada gratuita para o público. Ao todo, cerca de 120 atletas de dez países estão confirmados na disputa dos títulos de duplas feminina, masculina e mista: Alemanha, Argentina, Aruba, Brasil, França, Espanha, Itália, Letônia, Rússia e Venezuela.

Disputa profissional tem duplas masculinas, femininas e mistas / Foto: Matheus Bispo / Image Studio Santos

“Na chave masculina, temos nove beach tenistas no top 20 do mundo, com destaque para a presença dos três primeiros do ranking mundial. Já no feminino este número aumenta, com a confirmação de 12 jogadores entre as 20 melhores. Além disso, vale destacar que os seis brasileiros que fizeram parte da conquista do título mundial por equipes, no ano passado, na Rússia, estarão no torneio. São eles, Marcus Vinicius Ferreira (12º no ranking), Thales Santos (13º), Vinícius Font (18º), Rafaella Miller (3ª), Joana Cortez (7ª) e Marcela Vita (11ª)”, explica o diretor de beach tennis da Federação Paulista de Tênis (FPT), Roberto Fadul Machado.

Além dos seis integrantes da seleção brasileira de beach tennis, as chaves masculina e feminina terão alto nível internacional na disputa. Números 1 e 2 do mundo, o russo Nikita Burmakin e o italiano Tommaso Giovannini estão confirmados como cabeça de chave número 1 do torneio. Os italianos Alessandro Calbucci (6º) e Michele Cappelletti (3º) serão cabeça nº. 2, Marcus Vinícius e Thales Santos, nº. 3, e Vinicius Font, ao lado de Aksel Samardzic, de Aruba, os cabeças de chave nº. 4.

Na chave feminina, as vice-campeãs em 2018, Rafaella Miller e a alemã Maraike Biglmaier (6ª) serão cabeça de chave número 1, enquanto as atuais bicampeãs, a italiana Flaminia Daina e a venezuelana Patricia Diaz, serão cabeça nr. 2. A parceria italiana de Eva D’Elia e Veronica Visani estarão como cabeça de chave nº. 3, enquanto Joana Cortez e Marcela Vita ocuparão a nº. 4 da Etapa São Paulo ITF de Beach Tennis – $15.000.

Aberto de São Paulo de Beach Tennis – Em paralelo, será disputado o Aberto de São Paulo de Beach Tennis, entre sexta e domingo (25 a 27). O torneio vale pontos para os rankings Brasileiro e Paulista de Beach Tennis, com diferentes níveis de atletas na competição. Ao todo, cerca de 550 beach tenistas estão inscritos para o torneio amador, que contará com 29 categorias.

Regras e diferenças para o tênis comum – A contagem no beach tennis é a mesma do tênis de quadra, mudando apenas detalhes como não haver necessidade de um segundo saque se a bola tocar na fita, por exemplo. O cenário é diferente, ou seja, a altura da rede é de 1,70 m e a quadra tem o tamanho de 16m x 8m. A bolinha é um pouco mais murcha (menor pressão) do que a do tênis comum, uma vez que ao bater no chão é ponto da dupla adversária, e a raquete é similar a de frescobol, ou seja, também diferente do esporte tradicional.

ITF de Beach Tennis – Em setembro de 2016 a Federação Paulista de Tênis realizou em Santos a etapa São Paulo do ITF de Beach Tennis. Na ocasião, os campeões das três principais categorias foram: os italianos Michele Cappelletti e Alessandro Calbucci, nas duplas masculinas PRO; a venezuelana Patricia Dias junto com a italiana Flaminia Daina, nas duplas femininas PRO; e Magalie Garnier (FRA) e Vinicius Font (BRA), nas duplas mistas PRO.

Em janeiro de 2018, foi realizada a última edição da Etapa São Paulo ITF de Beach Tennis – $15.000, na praia do Gonzaga, em Santos. Entre os homens, a vitória ficou com o russo Nikita Burmakin e Alessandro Calbucci. No feminino, Patricia Díaz e a Flaminia Daina confirmaram o favoritismo e levaram o bicampeonato. Nas duplas mistas, o título ficou com Aksel Samardzic, de Aruba, e Patricia Díaz.

Por Gustavo Coelho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.