Ian encara a repesagem

WSL / KELLY CESTARIWSL / KELLY CESTARI

O pernambucano Ian Gouveia fez sua estreia no Billabong Pipe Masters na primeira bateria do sábado, no North Shore de Oahu, Havaí, a décima da primeira fase. Após quatro dias de expectativa nos adiamentos, acabou competindo não nos tubos que sempre sonhou surfar numa bateria em Pipeline, mas em ondas de manobras no Backdoor.





Ele tentou a classificação até o fim, arriscou os aéreos, mas o australiano Adrian Buchan achou uma direita para fazer duas manobras fortes e ganhar a bateria com a nota 8,0 recebida. Ele computou um 2,83 para vencer por 10,83 pontos, contra 10,60 do havaiano Sebastian Zietz e 8,43 do sexto brasileiro a cair para a repescagem.

Por João Carcavlho

Compartilhe.