A nova edição do Hang Loose Pro Contest, que está de volta ao arquipélago de Fernando de Noronha, já tem quatro campeões do evento e atletas de 15 países. A etapa do Circuito Mundial da World Surf League (WSL), com status QS 6000, será disputada de 19 a 24 de fevereiro nas ondas da Cacimba do Padre, e já aparecem na lista provisória de inscritos o espanhol Aritz Aranburu, campeão em 2007, e os brasileiros Alejo Muniz e Miguel Pupo, vitoriosos nas duas últimas edições realizadas na ilha, em 2011 e 2012.

Foto: Divulgação/WSL

Além deles, estará Deivid Silva, um dos estreantes do CT neste ano e que ganhou o Hang Loose Pro Contest 2017, na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP. Outros cinco atletas da elite mundial também já fizeram suas inscrições, o francês Joan Duru e os brasileiros Jadson André, de volta ao Tour, Peterson Crisanto, mais um estreante na primeira divisão do surf, Yago Dora e Jessé Mendes.

O time verde e amarelo ainda contará com atletas que já integraram o CT e buscam suas reclassificações- Ian Gouveia, Wiggolly Dantas, Tomas Hermes, Alex Ribeiro, além dos próprios Miguel Pupo e Alejo Muniz. Na mesma condição está o português Frederico Morais. Quem também já disputou a elite e vai competir, sendo um especialista em tubos, é o brasileiro Paulo Moura.

Na relação dos atletas que já solicitaram vagas à WSL, ainda constam dois campeões mundiais pro júnior, o brasileiro Lucas Silveira (2016) e o português Vasco Ribeiro (2014), e o atual campeão sul-americano da Liga, Wesley Santos. Apesar de ainda não aparecer na listagem, o atual bicampeão mundial, Gabriel Medina, deve ser uma das grandes estrelas na competição. Seu pai e treinador, Charles Saldanha Rodrigues, expressou a vontade do atleta competir em Noronha, durante a coletiva de imprensa do recente título.

A lista de inscritos ainda segue em aberto e o ‘deadline’ dos atletas do CT se encerra no próximo dia 22 e poderá contar com outros nomes de peso do surf mundial.

Por João Carvalho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.