A comemoração dos 20 anos ininterruptos do Circuito Paulista Universitário de Surf será em grande estilo. Na 2ª e decisiva etapa do campeonato, nestes sábado e domingo (1º e 2), na badalada Praia de Maresias, em São Sebastião. O evento definirá os novos campeões estaduais nas categorias open, paulistana feminina e formados, também os títulos brasileiros (encerrando a programação) e, como atração especial, uma bateria demonstração reunindo vários campeões dessa trajetória.

Foto: Marcio Rovai

Fora do mar, muita festa na areia, com diversas atrações gratuitas, junto com a escolha da Garota Universitária e a esperada festa. A competição começa no sábado às 9 horas com os atletas que estudam em faculdades do litoral. “Teremos um final de semana de muita animação, comemoração. São duas décadas unindo o esporte e a educação, fomentando uma vida saudável”, fala o presidente do Ibrasurf, Alexandre Zeni.

“O surf brasileiro chegou a um nível de excelência fantástico, tanto que temos dois grandes nomes disputando o título mundial, vencemos oito das dez etapas do CT e no Universitário contamos com vários atletas que se destacam ou já se destacaram entre os profissionais. Sem dúvida, esse evento gera muita credibilidade para o esporte, porque mostra uma imagem positiva, ligada à educação. Temos atletas com mestrado e doutorado, que são professores em faculdades e competindo. É super positivo”, afirma o presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, o Silvério.

O primeiro dia da etapa decisisa será totalmente voltado às eliminatórias pelo título paulista e também o Tag Team, a competição no formato revezamento entre universidades. No domingo, as finais estão previstas para serem disputadas das 10h ao meio-dia, logo após a Expression Session. Na sequência, entram no mar, os atletas que já ergueram taças no Circuito. O encerramento terá a definição dos novos campeões nacionais, “prometendo emoção do começo ao fim”, ressalta Zeni.

Na etapa decisiva, chegam como líderes, o atual campeão brasileiro e paulista open, Guilherme Silva, de Guarujá, competindo pela Faculdade Don Domênico; Yuri Aguiar, de São Paulo, representante do Mackenzie na categoria paulistana; Yohanna Sarandini, de Santo André, competindo pela Faculdade de Medicina do ABC na feminina; e o santista Maurício Duarte, também do Mackenzie, na disputa dos formados.

Já na bateria dos campeões, o nível promete ser alto. Guilherme e Maurício estão entre os confirmados, assim como Diego Rodrigues, tetracampeão da formados; Bruna Queiroz e Alana Pacelli, ambas bicampeãs da feminina; Rony Bonetti, Caio Faria e Wesley Moraes, que já foram competidores profissionais; Pedro Regattieri, Jonathan Paiva, João Carlos Chaves, Pedro Tanaka, Henrique Tricca e Michel Cardoso, todos da paulistana, sendo Pedro tricampeão e Michel bicampeão, ambos também campeões brasileiros.

Junto às disputas no mar, o encontro promete muita animação na areia, com várias atividades gratuitas, como jogos, brincadeiras, envolvendo atletas e torcida. Entre as atrações, slackline, cama elástica, vôlei de praia, yoga, ping pong, customização de ecobags, balance boards, simulador de surf, aerosurf, mesa ball, cabo de guerra. Também mutirão de limpeza e test drive de pranchas e quilhas no mar. Para completar, a escolha da Garota Universitária e a festa à noite, para comemorar duas décadas do Circuito.

Por Fábio Maradei

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.