O Margaret River Pro retornou ao seu palco principal no domingo para realizar as primeiras eliminatórias da terceira etapa do World Surf League Championship Tour na Austrália. Sete brasileiros competiram nas boas ondas de 6-8 pés em Main Break e quatro passaram pela repescagem. Serão oito disputando a terceira fase e seis deles se enfrentarão em três duelos verde-amarelos. Dois já aconteceram no domingo, com o potiguar Italo Ferreira ganhando o primeiro para seguir defendendo a lycra amarela do Jeep Leaderboard e o paulista Jessé Mendes vencendo o que fechou a participação brasileira. O cearense Michael Rodrigues e o catarinense Yago Dora também aproveitaram a segunda chance de passar para a terceira fase.

Jessé derrotou o também estreante na elite do CT esse ano, o catarinense Tomas Hermes, no penúltimo confronto do domingo. O surfista do Guarujá será o primeiro a competir na terceira fase, na segunda bateria contra o vice-campeão do Margaret River Pro no ano passado, Kolohe Andino, dos Estados Unidos. No domingo, o primeiro foi Italo Ferreira e ele só conseguiu superar o paulista Miguel Pupo nos minutos finais. O potiguar vai voltar a fazer o primeiro confronto nacional na terceira fase, contra o cearense Michael Rodrigues na quarta bateria.

Depois, será a vez dos dois campeões mundiais do Brasil disputarem vagas para a rodada classificatória para as quartas de final. Gabriel Medina está na sétima bateria com um convidado perigoso, o local australiano Jack Robinson que conhece bem as ondas de M-River. E na nona, Adriano de Souza faz a segunda bateria brasileira da terceira fase com o catarinense Willian Cardoso. A terceira é logo depois dessa, entre Filipe Toledo e Yago Dora.

Por João Carvalho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.