A revista Venice está de volta e desta vez como um Grupo de Mídia. Depois de ficar dez anos fora do mercado editorial, a famosa revista de bolso ou pocket magazine, retorna ao mercado em versão impressa, mas com foco no ambiente digital e seu melhor conteúdo voltado ao surfe, skate, moda, música e comportamento.

Foto Denise Andrade
Foto Denise Andrade

A revista foi lançada em 1996 e chegou a ter uma tiragem de 20 mil exemplares mensais, que se esgotavam rapidamente em seus pontos de distribuição nos locais mais descolados das capitais por onde circulava.

Para o atual responsável pelo novo projeto gráfico, Rafael Costa, a revista irá atuar com mais força nas plataformas digitais, com diagramação limpa e econômica, explorando a plasticidade de esportes radicais.

“A Venice foi um marco na história do surf e do skate. Uma publicação muito inovadora desde quando nasceu e sempre teve um formato pocket e gratuita, então vamos manter na versão impressa. Foi uma pena ela ter saído do mercado em 2008”, explica Rafael.

“Acredito que agora seja a hora certa de retornar, num momento único na história do Brasil, onde dois grandes esportes, que são o skate e o surfe, estarem em alta”, complementa.

Rafael explica que a primeira geração que consumia o conteúdo da revista Venice não está mais no papel, tendo seu público migrado para o mundo digital e esta reformulação é para atingir este grupo. “O que vai acontecer é que a revista tem muito mais haver com quem viveu a Venice nos primórdios e a versão impressa será encontrada em eventos, como este do lançamento, totalmente gratuita e reformulada e mais robusta”.

O idealizador do projeto também explica que a Venice volta ao mercado atuando em vários pontos da comunicação. “A Venice volta ao marcado renovada, mais que uma revista, como uma marca. Vamos atuar no meio digital com canal no YouTube, teremos um site, estaremos envolvidos em exposições, festas, eventos. A Venice volta com tudo no mercado”, ressaltou o dono do projeto, que também revelou outra novidade. “Toda a agenda cultural da revista será transmitida pelo WhatsApp, com uma linguagem mais moderna”.

Para o seu fiel público, a primeira revista de bolso do país terá quatro exemplares por ano, com tiragem trimestral e mais páginas e, com isso, mais conteúdo. O relançamento ocorreu numa badalada festa na última quinta-feira (9/01), só para convidados, na @zerogaleira, na Vila Madalena, em São Paulo.

Fotos Denise Andrade

Por Everton Pesc (colaborador)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.